NAT: CADASTRAMENTO DE JOVENS DA ONG UM LUGAR AO SOL

Por: Folha de Sergipe - Educação - 17 de agosto de 2016 - 13:55 - Sem Comentários

7954-250x250A convite da Associação de Educação e Desenvolvimento Integral ‘Um Lugar ao Sol’, a Coordenadoria Especial de Juventude (Cejuv) da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) acompanhou na terça-feira, 16, o cadastro de adolescentes e jovens participantes do projeto ‘Construindo o Futuro’ no Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT), com o objetivo de facilitar sua inserção no mercado de trabalho.

Patrocinado pela Petrobras, o projeto é administrado pela Associação, que trabalha há 27 anos com ações beneficentes em várias áreas, incluindo o segmento de qualificação profissional. A iniciativa oferta cursos de recepcionista; camareira; auxiliar de cozinha; instalador de manutenção hidráulica; instalador de manutenção elétrica; e garçom básico na capital Aracaju [no conjunto Augusto Franco e bairro 18 do Forte] e nos municípios de Barra dos Coqueiros, Japaratuba, Maruim e São Cristóvão.

Cada polo recebe um ou dois cursos, a depender da demanda. A ONG também conta com o patrocínio da Petrobras, que proporcionou o aluguel temporário de casas por dois anos para a execução do programa. “Além de proporcionar capacitação aos jovens de baixa renda, temos o banco de talentos, para suprir a demanda do mercado quando necessário. A Cejuv é um dos grandes parceiros do projeto. Eles levam palestras com temas transversais, como drogas, protagonismo juvenil, mercado de trabalho e empregabilidade, entre outros. É uma satisfação muito grande ser uma via de qualificação para esses jovens”, informou a diretora da ONG, Denise Pereira.

Lisandra Vitória Prazeres tem 17 anos e está concluindo o curso de recepcionista. Além de estudar o Ensino Médio, ela já espera a oportunidade do primeiro emprego. “Quero ter a chance de conciliar trabalho e estudos. Fiz esse curso porque encontrei afinidade, por ter facilidade em me comunicar, além de gostar de estar em contato com as pessoas. Pretendo ter meu próprio dinheiro para adquirir experiência, independência e arcar com custos da faculdade”, acredita a jovem, que realizou seu cadastro no NAT.

De acordo com o coordenador de Juventude da Seidh, Fredson Santana, os temas abordados nas palestras realizadas na instituição são voltados para políticas de juventude, incluindo debates sobre a emancipação do jovem, e sobre como ele pode ser autor do próprio destino e criar independência. “Nas visitas realizadas à Associação, o NAT foi citado para que pudéssemos fazer uma intervenção com a Coordenadoria de Trabalho e Emprego da Secretaria, para que eles pudessem ter a ciência da possibilidade de vagas e fazer essa intermediação com as empresas”, concluiu.

Texto: Míriam Donald

Edição: Rebecca Melo

Foto: Pritty Reis

Deixe seu comentário!

Para: NAT: CADASTRAMENTO DE JOVENS DA ONG UM LUGAR AO SOL